Forneria Babilônia, de Curitiba, lança a Noite do Vinho

Os amantes de vinhos agora tem um motivo a mais para frequentar a Forneria Babilônia. O empreendimento lança a “Noite do Vinho”, que será realizada nas terças-feiras. A ação permite que os clientes levem seus vinhos favoritos sem cobrança de taxas adicionais ou de rolha.

No empreendimento gastronômico, o público pode harmonizar vinhos com preparos tradicionais da culinária internacional, entre eles massas, risotos, saladas e pizzas. Além disso, a Forneria Babilônia oferece carnes nobres, frutos do mar e sobremesas especiais.

A Forneria Babilônia fica na Avenida Munhoz da Rocha, 1059, no Cabral, e funciona de terça a domingo, das 19h às 23h30.





Tannat 2012 da Vinhos Larentis é prata no VII Concurso Internacional de Vinhos do Brasil

O Tannat safra 2012 da Vinhos Larentis, vinícola do Vale dos Vinhedos, recebeu medalha de prata no VII Concurso Internacional de Vinhos do Brasil, realizado neste mês de abril em Bento Gonçalves, na serra gaúcha.

O rótulo foi lançado pela vinícola durante a Expovinis 2013 com o objetivo de agregar uma nova variedade ao time. Para o enólogo da Vinhos Larentis, André Larentis, foi muito gratificante receber o reconhecimento internacional de um vinho cuja safra foi excepcional.





Salton apresenta a linha Paradoxo

O contraste das terras altas da serra com as suaves ondulações da campanha foi a inspiração para a produção dos novos vinhos da Vinícola Salton: a linha Paradoxo, que busca expressar através de seus varietais as melhores características que a região do extremo sul do Rio Grande do Sul pode oferecer.

A linha chega ao mercado no mês de maio, e é composta, inicialmente, pelos tintos Cabernet Sauvignon e Merlot, e pelo branco Chardonnay. Segundo o diretor técnico e enólogo da Salton, Lucindo Copat, depois de estabilizados, clarificados, filtrados e levados à garrafa, os vinhos repousaram por seis meses nas caves da vinícola.

A Paradoxo foi elaborada com enfoque total no canal on-trade, ou seja, quando o consumo ocorre no local, como em restaurantes, bares e casas noturnas. Os tintos Cabernet Sauvignon e Merlot são das safras 2011 e 2012, respectivamente, e o branco Chardonnay, safra 2013.

O Cabernet Sauvignon possui coloração rubi, com nuances violáceas. Notas de pimentas, frutas negras frescas, tabaco, frutos secos e carvalho surgem no seu aroma. O rótulo combina com carnes vermelhas assadas, pimentões recheados e massas condimentadas, especialmente as com carnes.

Já o Merlot possui uma coloração bordô. Apresenta notas de frutas vermelhas maduras e balsâmicas, que são ressaltadas por aromas próprios da passagem por barricas de carvalho. Pode ser harmonizado com queijos de pasta dura e maturação média, risoto com cogumelos frescos e carnes vermelhas com molhos.

O Chardonnay tem coloração amarela e reflexos esverdeados.  Seus aromas são predominantemente de frutas cítricas e frutas de polpa branca, além de notas de baunilha, chocolate e leveduras. Harmoniza com queijos maturados de pasta mole, como o Brie e o Camembert, carnes brancas grelhadas, peixes assados (em especial os com molhos) e massas com molhos leves.





Miolo Millésime Brut é eleito o melhor espumante na categoria champenoise do Hemisfério Sul

Durante uma avaliação que aconteceu na última sexta-feira, dia 25, no Painel de Avaliação de Espumantes do Hemisfério Sul, evento promovido pelo Instituto Brasileiro do Vinho (Ibravin), o Miolo Millésime Brut foi escolhido como o melhor espumante na categoria champenoise do Hemisfério Sul.

A ação teve o objetivo de exaltar as potencialidades e avaliar diferenças entre os espumantes produzidos nos países do hemisfério Sul. As degustações foram conduzidas pelo jornalista e editor da revista Decanter, Steven Spurrier.

Elaborado pelo método tradicional, com uvas Chardonnay e Pinot Noir cultivadas nos vinhedos de São Gabriel (RS), o Millésime Brut possui o selo de “Denominação de Origem Vale dos Vinhedos” (DOVV) e já foi premiado com diversas medalhas em concursos nacionais e internacionais.

A degustação foi dividida por método de elaboração (charmat e tradicional), realizada às cegas por jurados escolhidos por Spurrier e acompanhados de especialistas do segmento. A escolha dos espumantes brasileiros ficou a critério do jornalista inglês. Ao final da degustação, Spurrier traçou um panorama de cada país e comentou as tendências do mercado de espumantes.





Porto a Porto e Casa Flora promovem Semana Espanhola nas cidades-sede da Copa

As importadoras parceiras Porto a Porto e Casa Flora aproveitaram a proximidade com a Copa do Mundo e criaram uma programação gourmet para promover o consumo de produtos espanhóis no país, trata-se da Semana Espanhola.

Segundo Camila Podolak, gerente de marketing da Porto a Porto, o evento visa prestigiar a seleção deste país que representa um dos principais mercados exportadores de vinho.

Oscar Montaña, proprietário da vinícola Marqués de Tomares, e Jose Ramon, proprietário do Grupo Josep Llorens I Fills, irão participar do evento. Juntos, eles irão promover degustações de seus produtos em palestras, ações interativas com clientes e wine dinners, em locais ambientados pelas cores da bandeira e ao som de música espanhola.

O circuito em torno da enogastronomia espanhola será realizado somente nas capitais que serão sede dos jogos do Mundial. Em Curitiba, a Semana Espanhola acontecerá entre os dias 23 a 25 de maio. No dia 23 haverá uma noite de palestra e degustação comandada por Oscar Montaña e Josep Jamon na Adega Brasil. No mesmo dia, das 14h às 17h, os dois comandarão degustações na Saint Germain Ecoville. No dia 24 as degustações serão no Mercado Municipal, das 9h às 15h. Já no final da tarde e noite o evento será no Pata Negra. Finalizando a programação, no dia 25 haverá mais um evento de degustação no Pata Negra.

Além da capital paranaense, o evento terá agenda em Fortaleza, Recife, Salvador, Belo Horizonte, Rio de Janeiro e São Paulo.

Para mais informações sobre as importadoras, acesse os sites www.portoaporto.com.br e www.casaflora.com.br.





Cenacolo comemora 11 anos com Wine Dinner conduzido por André Porto

O Restaurante Cenacolo comemora seu aniversário de onze anos com um Wine Dinner nesta quarta-feira, dia 30, às 20h30. O evento contará com a participação do sommelier André Porto.

O jantar terá como entrada o Tabule de quinoa com camarões, cebola roxa e especiarias, e será acompanhado por dois espumantes, o Casa Valduga e Norton Brut.

O primeiro prato será o Conchiglione di Gamberoni; conchigliones recheados com camarão e gratinados ao molho rosé a base de páprica. Servidos com os vinhos Carm Douro Branco 2011, Bodega Garzón Albariño 2012 e Donnafugata Contessa Entellina Anthilia DOP 2012.

O segundo prato será Filleto Roti; filé mignon grelhado ao molho Marchand Du Vin acompanhado de risoto de aspargos. Os vinhos que acompanham o prato são Carm Tinto 2011, Bodegas Borsao Tinto Selección 2012 e Feudi di San Marzano I Tratturi Primitivo Puglia IGT 2012.

Finalizando a noite, a sobremesa será o Crepe di Nutella; crepe recheado com a original Nutella italiana acompanhada de sorvete de creme. O rótulo harmonizado com o doce é o Château Pajzos Late Harvest Hárslevelu.

O custo por pessoa é de R$ 125,00. Para reservas e mais informações, o telefone é o (41) 3015-0010.





Grand Cru Curitiba promove jantar com rótulos da Altair

No dia 15 de maio, às 19h30, a Grand Cru Curitiba promove um jantar com degustação dos vinhos da chilena Altair. Na ocasião, a Diretora de Exportação da Vinicola, Claudia Gomes, estará presente.

O jantar será composto por Entrecot Sauce Dijonnaise Avec Pomme de Terre, e os vinhos que poderão ser degustados nesta noite serão o Sideral 2010, Altair 2003, Altair 2004, Altair 2005 e Altair 2006.

O investimento é de R$200 por pessoa, e as vagas são limitadas. Para mais informações, o telefone é o (41) 3044-0292.





The Wine School realiza curso de vinhos em Curitiba

A The Wine School filiada a Wine & Spirit Education Trust – WSET, abre inscrições para o curso de vinhos nível 1, que acontecerá nos dias 19 e 20 de maio das 19h às 23h, em Curitiba na Grand Cru.

Esse treinamento é um dos mais importantes no mercado de vinhos e tem como diferencial a abordagem teórica e prática que ensina as características do processo de produção de vinhos, a harmonização entre os mais variados alimentos e os tipos de vinhos e questões legais de saúde e segurança. O curso traz ainda a tradicional técnica de degustação desenvolvida e aprimorada pela WSET.

A The Wine School é o primeiro representante da WSET – Wine & Spirit Education Trust na América do Sul e o pioneiro no Brasil, Colômbia e Chile.

O investimento é de R$800,00. As inscrições se encerram no dia 30 de abril. Mais informações pelo e-mail claudia@thewineschool.com.br, ou pelos telefones (11) 2737-9212 e (11) 996802460.





Adega Brasil sugere harmonizações para os pratos da Páscoa

Para escolher o vinho que fará parte da mesa de Páscoa é necessário pensar que ele deve harmonizar com os pratos típicos da data, peixe e chocolate. Para essas combinações darem certo, é preciso considerar os temperos do prato e a forma de preparo. Segundo o sommelier Washington Uchôa, da Rede Adega Brasil, a melhor sugestão para peixes é o Vilarino Vinho Verde 2012, da Quinta da Tapoada. O vinho português não passa por madeira, tem seu envelhecimento em carvalho, no paladar suas principais características são boa acidez, notas florais e final de boca persistente. Além de harmonizar com peixes cozidos, defumados e frutos do mar, o rótulo está com valor de promoção de Páscoa, custa R$37,50.

Se a sobremesa for típica portuguesa, como os pasteis de Belém, a sugestão é o Madeira Justino’s 3 anos. Seu paladar é agradável e com doçura marcada, com um final longo e equilibrado. O valor é R$61,70. Para combinar com a Colomba Pascal, a sugestão fica com o rótulo Terrazas Afincado Tardio Petit Manseng. Com aromas de frutas maduras e tropicais unidas a frutas secas como avelãs, e flores brancas como o jasmim, representa o equilíbrio perfeito entre doçura e acidez. O valor é R$99,90. Por fim, para harmonizar com os chocolates ou sobremesas a base dele, a opção é o vinho do porto Burmester Jockey Club Reserva. O rótulo tem uma estrutura forte, redonda e doce, com boa acidez e um ligeiro picante a especiarias. O valor é R$90.

A rede também conta com chocolates. Entre os mais procurados estão os da marca suíça premium Lindt Lindor. A unidade de 100gr custa R$9,90; a caixa de bombons de 300gr custa R$55,90 e o ovo de 300gr custa R$109,90. Mais informações pelo telefone (41) 3014 0796 ou pelo site www.adegabrasil.com.br.





Lidio Carraro lança vinho da Copa do Mundo e comemora 10 anos na Expovinis

A vinícola boutique Lidio Carraro, do Vale dos Vinhedos, no Rio Grande do Sul, está comemorando 10 anos em 2014. Além disso, a empresa irá representar o setor vitivinicultor com a linha Faces na Copa do Mundo.

Para celebrar esse momento, toda a família Lidio Carraro e a enóloga Mônica Rossetti, irão lançar na Expovinis, em São Paulo, durante os dias 22, 23, e 24 de abril, a edição limitada Lidio Carraro World Champion Fifa World Cup 2014 Brazil. Serão apenas 2.014 garrafas numeradas, produzidas com uvas das Terras de Encruzada do Sul, na Serra do Sudeste do RS.

Durante a feira, a vinícola promoverá uma degustação do novo rótulo e no dia 24, a enóloga Mônica Rossetti irá apresentar o projeto enológico completo da linha Faces.





Importadora Portus apresenta vinhos da Argiano no Vitória Expovinhos

A importadora de vinhos Portus participa da 6ª edição do Vitória Expovinhos 2014, que acontece nos dias 21 e 22 de maio, no Centro de Convenções de Vitória. Para este ano, a Portus traz como novidade os rótulos da vinícola italiana Argiano, produtora do Brunello di Montalcino. Além dos lançamentos, os visitantes terão a oportunidade de conhecer todo o catálogo de produtos comercializados pela empresa.

Conhecida no mercado de vinhos pelos rótulos portugueses da Bacalhôa e da Romaneira, a Portus irá apresentar os vinhos mais antigos da região da Toscana e o primeiro a receber a certificação DOCG (Denominação de Origem Controlada e Garantida).

Para a lista Top Five Vitória, a empresa apresenta estes rótulos para as categorias: Tinto Velho Mundo: Solengo (Argiano) – Branco Velho Mundo: Quinta da Romaneira Branco (Romaneira) – Espumante: Loridos Rosé (Bacalhôa) – Fortificado: Vintage 2011 (Romaneira).

Em edições anteriores, a importadora foi premiada na lista Top Five na categoria Tinto Velho Mundo com os vinhos Só Touriga e o Tinto da Ânfora Grande Escolha. Em 2011, o Cova da Ursa venceu como Branco Velho Mundo. Já na categoria sobremesas, destaque para o Moscatel de Setúbal DOC e o Moscatel Roxo.

Para o Guia de Bolso que será distribuído na feira, foram selecionados os vinhos Meia Pipa, Catarina, Tinto da Ânfora e Quinta da Bacalhôa Tinto, ambos da Bacalhôa, o Sino da Romaneira e o Rosso, da vinícola Argiano.





Vinícola Franco Italiano, de Colombo (PR), ganha duas medalhas no 7º Concurso Internacional de Vinhos do Brasil

A Vinícola Franco Italiano, de Colombo (PR), saiu do 7º Concurso Internacional de Vinhos do Brasil com duas medalhas. Ganhando ouro para o Censurato Cabernet Sauvignon 2011 e prata para o Espumante Moscatel Franco Italiano. Esta edição do evento, que ocorreu na Serra Gaúcha desde o dia 8 e se encerrou no dia 11 de abril, reuniu 709 amostras de vinhos de 18 países de todos os continentes. O júri foi composto por enólogos e experts brasileiros e internacionais.