Conquistar o mercado Brasileiro é a meta do novo presidente da ACAVITIS



Leônidas Ferraz assume a ACAVITIS com uma grande missão. Divulgar cada vez mais a qualidade e o potencial dos vinhos de altitude produzidos em Santa Catarina, que anualmente são premiados em concursos nacionais e internacionais e encontram pela frente um mercado altamente competitivo. A elaboração e execução de projetos que possam captar recursos para o incremento da produção e distribuição, além do apoio por parte do governo, com a diminuição da carga tributária é uma das metas do novo presidente da entidade.

 Hoje, são mais de 300 hectares de uvas plantadas das mais diversas variedades. Cabernet Sauvignon, Merlot, Cabernet Franc, Pinot Noir, Sangiovese,  Chardonnay e a Sauvignon Blanc. Os vinhedos que ficam em altitudes que variam entre 900 a 1400 metros, são beneficiados por causa das condições específicas do clima e começam a produzir um vinho altamente diferenciado. O rigor na aprovação e na liberação do selo da ACAVITIS, aos produtos dos associados é outra marca da entidade, que preza pela qualidade dos seus produtos.“ Nossa meta é atuar com força total na área de marketing, potencializando nossa força na divulgação dos nossos produtos, que hoje estão entre os melhores do Brasil”, afirma Leônidas.  As vinícolas de Santa Catarina, ficam localizadas em três regiões, São Joaquim, Campos Novos e Caçador. A posse do novo presidente da ACAVITIS reuniu o peso pesado dos produtores de vinhos, empresários, enólogos e jornalistas.  Entre os empresários presentes estavam representantes da Villaggio Grando, Pisani, Kranz, Abreu&Garcia, Quinta da Neve, Sanjo, Vinícola Santo Emílio, Suzin, Villaggio Basseti e Monte Agudo. Foto: Mônica Corrêa

Compartilhe!






Deixe um comentário